Amda cobra posicionamento de Nova Lima sobre questões ambientais

Cavalos reviram lixo no bairro Jardim Canadá / Crédito: Amda

Organização denunciou presença de cavalos soltos no bairro Jardim Canadá, que reviram lixo e invadem o Parque Rola Moça; lixão e cobrou criação de brigada de combate a incêndios florestais

Em ofício enviado ao secretário municipal de Meio Ambiente de Nova Lima, Danilo Vieira Junior, no último dia 14, a Amda denunciou a presença constante de equinos soltos no bairro Jardim Canadá, que reviram lixo e invadem o Parque Estadual Serra do Rola Moça; lixo na avenida que dá acesso ao parque e lixão na rua que divide o bairro com área natural dentro da zona de amortecimento da UC. A organização solicitou ainda informações sobre implantação de brigada de prevenção e combate a incêndios florestais pelo município.

A invasão do parque por cavalos é recorrente. Eles causam danos, como comer mudas plantadas no Vale das Caveiras, que abriga nascente do manancial do Barreiro. A organização e a gerência do parque suspeitam que o proprietário dos animais, conhecido na região pelo apelido de "Queirosene", corte a cerca que protege o parque para que os animais passem. Em função da impunidade, o proprietário tem demonstrado absoluto desprezo com os funcionários do parque e da Amda, responsáveis pela manutenção dos plantios.

Há aproximadamente um ano, em conversa com o gerente do Rola Moça, Marcus Vinícis de Freitas, a Amda foi informada de que o município de Nova Lima estaria construindo um curral e contratando serviços para recolhimento dos animais. No ofício, a entidade questiona se tais providências já foram tomadas e, em caso positivo, porque a situação ainda permanece.

Outro grave problema do bairro Jardim Canadá é o descarte irregular de lixo. A Amda chama atenção para uma rua que contorna o bairro, limítrofe a área natural na zona de amortecimento do parque, que se transformou em um verdadeiro "lixão". Ressaltando que o município de Nova Lima recebe recursos expressivos oriundos do ICMs Ecológico e do Cefem, cuja aplicação prioritária deveria ser na área ambiental e no desenvolvimento socioambiental de sua população, a organização indagou como a prefeitura tem tratado o problema.

Quanto à criação da brigada pela prefeitura, a entidade cobrou promessa do próprio secretário e indagou sobre outras ações desenvolvidas em relação ao tema, em especial, aquelas de natureza preventiva.

Até o fechamento desta matéria, a Amda foi informada apenas de que o assunto ainda está sendo analisado.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente