Notícias

Amda participa de atualização do plano de prevenção e combate a incêndios florestais do Monumento Natural Serra da Piedade

Objetivo é criar rede de parceiros para dar mais efetividade na prevenção e combate aos incêndios

16 de Maio de 2018
Foto Projeto
Crédito: Amda

Equipe da Amda participou, nesta terça-feira (15), de reunião no Santuário Nossa Senhora da Piedade para atualização do plano integrado de prevenção e combate a incêndios florestais (PIPCIF) do Monumento Natural Serra da Piedade. O encontro foi articulado pelo gerente da unidade de conservação, André Santana, e contou com a presença de vários parceiros, dentre eles a Arquidiocese de Belo Horizonte, responsável pelo santuário (que se encontra completamente inserido no perímetro do monumento), Corpo de Bombeiros Militar, prefeituras municipais de Sabará e Caeté, brigadistas voluntários e representantes das empresas Vale, Saint Globan, AVG e AngloGold Ashanti.

Durante a reunião foi ressaltada a importância das ações preventivas, com destaque às educativas e de esclarecimento aos proprietários rurais vizinhos. Foi enfatizada a necessidade de construção de aceiros e manutenção de acessos para atuação das equipes de combate. Francisco Mourão, biólogo da Amda, lembrou a importância de se implantar rede de aceiros ao longo das margens das rodovias e estradas vicinais que cortam a região, com destaque à BR 381 (que liga Belo Horizonte a Governador Valadares), MG 435 (que liga a BR 381 à sede do município de Caeté) e a estrada municipal de ligação entre as sedes de Sabará e Caeté. Estas três vias contornam grande parte da região de inserção do Monumento Natural e em suas margens iniciam-se grande parte dos maiores incêndios que assolam a unidade de conservação e sua zona de amortecimento. A densa biomassa de gramíneas que se forma nas faixas de domínio destas rodovias, ao se tornar seca no período de junho a outubro, se transforma em excelente combustível, facilitando a propagação dos incêndios.

Foi acertada uma ação junto ao Denit e DER no sentido de que os dois órgãos se envolvam, com maior efetividade, na limpeza de margens de estradas e implantação dos aceiros. A Tenente Walquíria Coelho, comandante do batalhão do Corpo de Bombeiros em Sabará, se prontificou a enviar solicitação formal aos órgãos e prefeitos dos municípios envolvidos recomendando a limpeza de margens de estradas.

Os presentes definiram ainda a realização de visitas dos brigadistas à área, de maneira a permitir que façam o reconhecimento dos acessos, condições de relevo e dificuldades que enfrentarão durante as operações de combate. Este reconhecimento prévio será fundamental para se garantir maior agilidade nas operações de combate, além da segurança dos brigadistas.

Para as campanhas educativas, Poliana Lopes, coordenadora de brigadas da Amda, colocou à disposição das demais entidades presentes folder elaborado pela organização para as campanhas a serem veiculadas durante a estação seca que agora se inicia.

Durante o encontro, a empresa AVG comunicou intenção de implantar brigada de incêndios, que aturará no período crítico. Esta brigada ficará situada na mina de Brumado, vizinha ao Santuário Serra da Piedade.

Por fim, foi destacada a importância do IEF regulamentar, com a maior agilidade possível, a prática de implantação dos chamados aceiros negros, faixas de áreas queimadas previamente que funcionam como barreiras à propagação de incêndios. Além do custo bem mais baixo, esta estratégia preventiva gera menor impacto ambiental se comparada aos aceiros feitos com capina mecânica, já que não envolve a remoção das raízes das plantas, reduzindo, dessa forma, a erosão do solo no período chuvoso.

O gerente da UC pediu aos envolvidos que informem os recursos disponíveis de cada instituição, tanto na prevenção como no combate aos incêndios. Com esta informação ficará mais fácil promover a integração entre todas as entidades parceiras, além de identificar as falhas que devem ser sanadas.

O monumento natural possui 1.947 hectares, abrangendo os municípios de Caeté e Sabará. A UC sobrepõe-se à RPPN Cuibá, da empresa AngloGold Ashanti, e às APAs municipais Águas da Serra da Piedade e do Descoberto (as duas últimas UCs criadas pelo município de Caeté). Todas estas UCs se encontram inseridas na Reserva da Biosfera da Serra do Espinhaço.
 
Treinamento
 
Começou nesta terça-feira (15) treinamento de combate a incêndios florestais de toda a equipe de brigadistas da Amda. O curso está sendo realizado no Parque Estadual Serra do Rola Moça e vai até o dia 17. Quarenta e um funcionários estão participando do curso, promovido pela SP Life Treinamento. A Amda conta hoje com sete brigadas profissionais. Quatro em parceria com Vale-Sindiextra, com bases em Itabirito, Itabira, Barão de Cocais e bairro Jardim Canadá; Gerdau, com base em Itabirito; e AngloGold Ashanti, com bases em Sabará e Barão de Cocais.