Informações Ambientais

Visitação em unidades de conservação bate recorde em 2017

ICMBio contabilizou 10,7 milhões de visitantes nas UCs federais

Foto Institucional
Parque Nacional da Tijuca
22 de Maio de 2018

O ano de 2017 foi destaque no quesito ecoturismo. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) contabilizou 10,7 milhões de visitantes em unidades de conservação federais, incluindo parques, áreas de proteção ambiental, reservas extrativistas, dentre outras.

O montante confere um crescimento de 20% em relação a 2016, que somou 8,2 milhões de visitantes nas UCs federais, geridas pelo ICMBio. O aumento é o maior desde a criação do órgão, há 10 anos.

No topo dos mais visitados está o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, que recebeu 3,3 milhões de pessoas em 2017 e 2,7 milhões em 2016; seguido pelo Parque do Iguaçu, no Paraná, com 1,8 milhões de turistas no ano passado e 1,6 milhões em 2016. O Parque Nacional do Jericoacoara, no Ceará, aparece na terceira posição; a Reserva Extrativista Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, na quarta; e, na quinta colocação, o Parque Marinho Fernando de Noronha, no nordeste do Brasil.

O ano passado foi a primeira vez que o Monumento Natural (MoNa) do Rio São Francisco foi incluído no ranking dos dez mais procurados. A reserva, criada em 2009, abrange os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia.

Parque Nacional da Tijuca

Localizado no coração do Rio de Janeiro, o parque é famoso por abrigar o Morro do Corcovado, o monumento Cristo Redentor e por ser o primeiro local do mundo a receber um grande projeto de reflorestamento. Os turistas que visitam a unidade ainda podem desfrutar de cachoeiras, trilhas, voos ao ar livre e escaladas. Sua rica biodiversidade impressiona e atrai ecoturistas de todo o mundo. Ao todo são 226 espécies de aves, 63 de mamíferos e 39 de anfíbios.

Parque Nacional do Iguaçu


Conhecida como um dos cartões postais do sul do país, a unidade de conservação foi a primeira do Brasil a ser reconhecida como Patrimônio Mundial Natural pela Unesco. As belíssimas Cataratas do Iguaçu, um conjunto de mais de 200 quedas d'água, conferem ao parque um volume intenso de turistas durante quase todo o ano. O local ainda abriga espécies emblemáticas e ameaçadas de extinção, como onça-pintada, puma, jacaré-de-papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo e gavião-real.

Parque Nacional do Jericoacoara

Quando se fala em Jericoacoara é impossível não lembrar da Pedra Furada - formação rochosa ícone do parque -, do campo de dunas e praias paradisíacas. Os turistas podem ainda passear de canoa pelos manguezais do rio Guriú para observação dos cavalos-marinhos, andar a cavalo e se aventurar nas excursões de buggy. Ao final do dia, os visitantes são presenteados com o espetáculo do sol se pondo sobre o mar.


Com informações do ICMBio